Espera-se que apenas quatro cidades do mundo cresçam no mercado imobiliário em 2020, e Lisboa é uma delas

Em 2019, Lisboa tornou-se na melhor cidade da Europa para investir. De acordo com um relatório da PwC e do Land Urban Institute, a capital portuguesa passou da décima primeira posição para liderar o ‘ranking’ em apenas um ano.

Nos últimos dois anos, Portugal tornou-se a alternativa de investimento imobiliário para empresas e capitais próprios, e tudo aponta para o facto de que este ano e o próximo consolidarão essa situação, principalmente no segmento médio-alto e alto.

Após o surto da crise do coronavírus, Lisboa, juntamente com o Mónaco, Xangai e Viena, será uma das raras cidades onde os preços das habitações registarão aumentos de até 5%, enquanto que, em 2021, o os progressos em Lisboa e Londres serão superiores a 5%.

Ou seja, de todas as principais cidades do mundo, a capital portuguesa é a que melhor suportará a taxa da crise em escala global, de acordo com dados do mercado residencial ‘prime’ da consultoria Knight Frank.

A consultora considera que a gestão da crise realizada por Portugal, juntamente com a forte procura e oferta limitada de imóveis irá impulsionar a recuperação de preços.

Incentivos fiscais para estrangeiros, preços mais acessíveis em comparação com as principais cidades do mundo ou baixo custo de vida fizeram de Lisboa um destino para investidores internacionais e com capitais próprios.

Fale connosco!

Será um privilégio esclarecer todas as suas dúvidas

PUBLICAÇÕES RECENTES NO INSTAGRAM: