BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates

Uma celebração da vida de George Michael, a sua arte e a sua generosidade

A coleção de George Michael foi vendida por 11.328.125 libras – incluindo 9.264.000£ num memorável leilão noturno na Christie’s, em Londres -, onde os lucros reverteram para o já o extraordinário legado filantrópico do cantor.

Depois de uma tour mundial que contou com destaques em Nova York, Los Angeles, Hong Kong e Xangai, e uma exposição multimédia especial em Londres que celebrou a vida de George Michael, a sua música e a arte com que viveu, as peças destacadas da coleção do cantor foram vendidas por £ 9.264.000 numa noite dedicada a vendas na sede da Christie’s em King Street, Londres.

A venda online de obras da Coleção George Michael, que fechou no passado mês de março, teve o mesmo sucesso, totalizando incríveis 2.045.375 libras – cinco vezes mais a estimativa pré-venda. Licitadores de 52 países em cinco continentes provaram o contínuo apelo global de George Michael e dos Young British Artists que ele colecionou. O dinheiro arrecadado com a venda da Coleção George Michael estenderá o legado filantrópico que ele construiu de forma tão generosa e privada durante a sua vida.

A coleção refletiu bastante o caráter de George Michael, um homem que tocou milhões com a sua música, a sua honestidade e a sua gentileza. Isso deveu-se em parte à natureza autobiográfica de muitas das obras, mas também porque revelou até que ponto ele apoiou incondicionalmente os seus colegas artistas britânicos.

A venda foi liderada por dois trabalhos icónicos de Damien Hirst – The Incomplete Truth, que George Michael adquiriu em 2007, vendido por £ 911.250 (incluindo o prémio do comprador), enquanto Saint Sebastian, Exquisite Pain, a poderosa re-encenação da imagem do artista, o mártir cristão e ícone gay, recebeu £ 875.250. O The Immaculate Heart ♥ Sacred, de Hirst, feito em 2008, ultrapassou sua alta estimativa antes de ser vendido por £ 323.250.

O livro de Cecily Brown, Untitled, inspirou vários lances antes de ser ganho por 791.250 libras, enquanto Songbird de Bridget Riley (1982), a primeira grande obra que George Michael adquiriu para a coleção, obteve o mesmo preço após outra prolongada batalha.