Melhores salas de espetáculo em Lisboa

A cidade que tem todos os focos virados para si, estende igualmente a passadeira para grandes festivais, concertos e espetáculos de artes performativas. Conheça os lugares onde vai encontrar a melhor programação.

Para concertos e espetáculos com grandes produções destacamos a Altice Arena, que é, de longe, a sala mais conhecida da capital, tendo sido palco de famosas estrelas da música em digressão internacional. Já o Coliseu de Lisboa é a sala troféu que todos os músicos pretendem alcançar na sua carreira. No Grande Auditório do Centro Cultural de Belém decorrem importantes eventos nacionais e internacionais com uma programação eclética. A Praça de Touros do Campo Pequeno, no coração de Lisboa, tem, para além dos espetáculos tauromáquicos e mercados temáticos, concertos que beneficiam do intimismo de uma arena. O Teatro Tivoli BBVA apresenta espetáculos para todos os gostos e idades, desde teatro, bailado, concertos, stand-up comedy, refutando assim a ideia de que no Teatro apenas têm lugar os clássicos. Os mais prestigiados festivais de cinema estão no Cinema de São Jorge, um dos poucos edifícios dos anos 50 em Lisboa. Além das salas de jogos, o Casino Lisboa recebe grandes concertos e outros espetáculos, num ambiente ousado e de elite, no centro de negócios da capital.

Para espetáculos clássicos, mais eruditos – de música, teatro, dança, ópera – destacamos o Teatro Nacional D. Maria II e o Teatro Camões – Companhia Nacional de Bailado, que promove os espetáculos desta companhia. O Teatro Nacional de São Carlos assenta num edifício neoclássico, com traços italianos. Na sala principal, ricamente decorada, há espetáculos de ópera, música coral e sinfónica. O Teatro da Trindade, um dos mais bem preservados de Lisboa, é o que tem mais afluência de público para peças de teatro. O São Luiz – Teatro Municipal promove igualmente espetáculos de dança e teatro para públicos mais específicos. Envolto num magnífico jardim projetado pelo arquiteto Ribeiro Telles, o Grande Auditório da Gulbenkian, com Coro e Orquestra próprios, é anfitrião de recitais, concertos e espetáculos de dança e de teatro internacionais.

Para quem prefere ambientes mais alternativos e intimistas, o Musicbox junta cultura, diversão e lazer. É bar, discoteca e palco para os mais destacados DJs e projetos musicais mais atuais. O ZdB (galeria Zé dos Bois) promove artistas de vanguarda e acolhe exposições e concertos. A Aula Magna é palco de centenas de eventos de natureza artística, científica e institucional e de alguns concertos que procuram espaços mais intimistas. O Cineteatro Capitólio recebe espetáculos que fomentam o cruzamento artístico. Casa noturna por excelência, o Lux Frágil tem um programa diversificado, que acompanha as últimas tendências da música. No LAV – Lisboa Ao Vivo acontecem todo o tipo de eventos e espetáculos de música ao vivo, com lotação para cerca de mil pessoas. Terminamos com o LX Factory, antigo complexo fabril em Alcântara, de onde nasceu uma “ilha criativa”, palco de concertos mais descontraídos.

Artigo produzido em parceria entre Bestguide e Porta da Frente.

Fale connosco!

Será um privilégio esclarecer todas as suas dúvidas

PUBLICAÇÕES RECENTES NO INSTAGRAM: