Cultura em Lisboa, o que não pode perder

A capital Portuguesa tem assistido a um fortíssimo crescimento nos últimos anos, sendo atualmente uma das cidades preferidas a nível mundial. Fique a conhecer alguns dos destaques culturais da cidade de Lisboa:

Simbiose perfeita entre arte e tecnologia

O maat – museu de arte, arquitetura e tecnologia é a nova proposta cultural para a cidade de lisboa. Um museu que cruza três áreas num espaço de debate, de descoberta, de pensamento crítico e de diálogo internacional. um projeto inovador que coloca em comunicação um novo edifício, desenhado pelo atelier de arquitetura Amanda levete architects, e a Central tejo, um dos exemplos nacionais de arquitetura industrial da primeira metade do século XX, e um dos polos museológicos mais visitados do país. O Maat traduz a ambição de apresentar exposições nacionais e internacionais com o contributo de artistas, arquitetos e pensadores contemporâneos. Refletindo sobre grandes temas e tendências atuais, a programação apresentará ainda diversos olhares curatoriais sobre a Coleção de arte da Fundação EDP.
Museu nacional arte antiga

Criado em 1884, habitando, há quase 130 anos, o Palácio alvor e cumprindo mais de um século da atual designação, o MNAA-Museu Nacional de arte antiga alberga a mais relevante coleção pública portuguesa, entre pintura, escultura, ourivesaria e artes decorativas, europeias, de áfrica e do oriente. Composto por mais de 40 000 itens, o acervo do MNAA compreende o maior número de obras classificadas pelo estado como “tesouros nacionais”. engloba também, nos diversos domínios, obras de referência do património artístico mundial.
Museu Berardo

O museu Coleção Berardo é um espaço museológico de referência em lisboa, onde o visitante pode desfrutar do melhor da arte moderna e contemporânea. Neste museu é possível encontrar, tanto na mostra permanente da Coleção Berardo como no leque muito variado de exposições temporárias, obras de artistas dos mais diversos contextos culturais e variadas expressões que construíram a história da arte do último século.
Centro Cultural de Belém

O Centro Cultural de Belém é gerido por uma Fundação que tem por objetivo a promoção da cultura, desenvolvendo a criação e a difusão em todas as suas especificidades, do teatro à dança, da música clássica ao jazz, da ópera ao cinema. Como atividade complementar, o CCB oferece-se também como um centro para a realização de conferências e reuniões profissionais.
Teatro Nacional de São Carlos

O Teatro Nacional de são Carlos foi inaugurado há mais de 200 anos e mantém-se como o único teatro nacional vocacionado para a produção e apresentação de ópera e de música coral e sinfónica. Ao longo da sua vivência têm abundado os factos históricos, os episódios sociais e os eventos culturais que enriquecem o seu património histórico singular, reunido num edifício de características neoclássicas.
Museu Fundação Oriente

A ideia de abrir em lisboa um museu dedicado ao oriente coincide com a instituição da Fundação oriente, em 1988. as suas coleções de arte portuguesa e asiática são a demonstração mais elevada dos encontros históricos entre o ocidente e o oriente. No mesmo sentido, as coleções que reúnem as tradições culturais da ásia inteira são a demonstração da sua riqueza, da sua pluralidade e do
seu génio, que queremos possa ser melhor conhecido em Portugal e na europa.
 
CONHEÇA OS NOSSOS IMÓVEIS EM LISBOA, AQUI: https://goo.gl/LLR4W2
 

Fale connosco!

Será um privilégio esclarecer todas as suas dúvidas

PUBLICAÇÕES RECENTES NO INSTAGRAM: