Percebendo o sistema de saúde português

Para quem muda de país e pretende iniciar uma nova vida, uma das prioridades é conhecer o sistema de saúde do seu destino.

Em Portugal, a saúde segue o modelo do Sistema Nacional de Saúde – SNS – implementado em 1979, que consiste na assistência médica gratuita a todos os cidadãos.

Só no território continental, o país dispõe de uma rede hospitalar de 212 hospitais – dos quais 91 são privados -, e 363 centros de saúde organizados em 74 agrupamentos.

Os cuidados de saúde primários são prestados por unidades que abrangem as freguesias de concelho. Em Lisboa, esta divide-se em três: agrupamento centro de saúde de Lisboa Norte; de Lisboa Centro; e Lisboa Ocidental e Oeiras.

Para cuidados secundários – os hospitalares – em Lisboa Norte encontra-se o Hospital Pulido Valente e o Santa Maria; o Hospital Santa Marta, o D.ª Estefânia e a Maternidade Alfredo da Costa abrange a Lisboa Centro; e o Egas Moniz, S. Francisco Xavier e o Sta. Cruz são as unidades de Lisboa Ocidental e Oeiras.

No segmento do privado destacam-se a Cruz Vermelha Portuguesa, o British Hospital ou as parcerias hospitalares público-privadas como o Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, ou o Hospital Dr. José de Almeida, em Cascais. As clínicas CUF são alternativa, com unidades privadas em todo o país, e presença na Grande Lisboa em Lisboa, Oeiras, Cascais, Sintra e Mafra, tal como o são os hospitais privados da Luz e Lusíadas.

Nos cuidados terciários, – casos que necessitem de reabilitação – destaca-se na linha de Cascais o Hospital Ortopédico de Sant’Ana e o Centro Médico de Reabilitação de Alcoitão.

Artigo produzido em parceria entre Bestguide e Porta da Frente

Fale connosco!

Será um privilégio esclarecer todas as suas dúvidas

PUBLICAÇÕES RECENTES NO INSTAGRAM: